A marca norte-americana lançou uma emissão de dívida para conseguir fabricar 1500 unidades do seu novo modelo ainda este trimestre.

Segundo o seu CEO, a Tesla recebe 1800 encomendas do Model 3 por dia. De forma a cumprir com o calendário de produção que estipulou para o novo automóvel elétrico (que teve mais de meio milhão de encomendas antes de ser lançado), a marca norte-americana decidiu lançar uma emissão de dívida no montante total de 1,27 mil milhões de euros (valor bastante superior ao inicialmente previsto). Em comunicado, a Tesla esclarece que as obrigações atingirão a maturidade em 2025. Com o dinheiro que receber a marca espera obter uma injeção de capital que sustente a empresa durante um período de crescimento rápido, que deverá ser impulsionado com este Model 3.

Este anúncio surge poucos dias depois de a marca de Elon Musk ter revelado um aumento do prejuízo financeiro para os 285 milhões de euros, o equivalente a 1,73 euros por ação. As receitas, no entanto, duplicaram face a igual período do ano passado, atingindo 2,37 mil milhões de euros, quando os analistas esperavam apenas 2,13 mil milhões.

Musk diz que espera produzir 1500 unidades do Model 3 (que terá preços a começarem nos 35 mil dólares nos EUA) no terceiro trimestre deste ano. O objetivo da marca é fabricar meio milhão de carros por ano a partir do próximo ano.

Assine Já

Edição nº 1458
Já nas bancas

Digital Papel

Top

Os mais recentes